PORTO DE VITÓRIA RECEBE O MAIOR NAVIO DE SUA HISTÓRIA

O navio Domitricius C foi a maior embarcação já atracada nós 114 anos do Porto de Vitória. Crédito: Vitor Jubini

Atracado no berço 203 do Terminal Portuário de Vila Velha (TVV), operado pela Log-in, o Navio Dimitris C é a maior embarcação que já acessou o Porto de Vitória em 114 anos. O navio tem 243,12 metros de comprimento.

Segundo informações da MarineTraffic, a embarcação, que está indo para Paranaguá, no litoral paranaense, navega sob a bandeira de Malta, e conta com um calado de 9,4 metros .

A operação é um avanço para os portos capixabas. Ao longo dos anos, muitas linhas marítimas deixaram de atender ao Estado, em razão das restrições da Baía de Vitória para receber navios de grande porte.

Mas embora a dragagem do canal tenha sido  concluída há três anos, não solucionou todos os gargalos. Um grande volume de produtos que deveria sair de Vitória para o exterior ainda segue primeiro para embarque em outros Estados, o que atrasa o processo, encarece o frete, e potencializa prejuízos.

Um dos avanços nesse sentido foi o anúncio recente da Log-In Logística, de que pretende injetar, até 2048, mais de R$ 500 milhões em investimentos para ampliar a capacidade operacional do Terminal Portuário de Vila Velha (TVV), que hoje é o único a movimentar contêineres no Espírito Santo.

Somente nos próximos dois anos, a previsão é de que sejam investidos R$ 120 milhões. Uma vez realizadas todas as intervenções, a expectativa é de que a capacidade operacional do porto suba dos atuais 268 mil contêineres por ano, para 368 mil contêineres por ano.